12/11/05

A primeira missa… uma alegria interior!


Naquela tarde do dia trinta a chuva insistia em não parar de cair. O vento forte insistia em trazer pesadas nuvens que copiosamente derramavam enxurradas de água!
A chuva impedira a realização do cortejo festivo e esperava-se ansiosamente….Reunidos de pé no interior da Igreja paroquial de Vale de Azares, algumas centenas de encharcadas pessoas aguardavam pelas 15 horas.
Apesar de todas as contingências vivia-se no interior daquele templo um clima de profunda alegria. O Pe. António Carlos iria celebrar a sua primeira missa na sua terra natal! Transparecia para o rosto de muitos dos presentes uma alegria interior profunda por este dom que Deus havia dado à sua Igreja. Um novo sacerdote!
Numa engalanada Igreja, ladeado por mais de três dezenas de sacerdotes, o novo sacerdote celebrou o sacrifício da Eucaristia! A cerimónia ficou marcada pela beleza dos cânticos entoados pelo grupo coral da paróquia natal do neo presbítero e pelos jovens “Trovadores de Deus” e ainda pela execução de um hino que composto pelo Pe. António e o Pe. Luís Campos onde se explicava o lema da ordenação sacerdotal.
Durante a Solene Eucaristia viveram-se momentos intensos que interiormente comoveram quem presidia e ainda muitos dos que estavam presentes. Esta cerimónia terminou com os tradicionais e efusivos comprimentos de todos os que participaram na cerimónia…
Seguiu-se um lanche convívio no salão da Junta de Freguesia. Nem parecia o mesmo salão… tão bonita estava a decoração. A abundância e a alegria foram as duas notas dominantes deste momento!
As mesas estavam repletas de deliciosas iguarias que a família do novo sacerdote e a paróquia de Vale de Azares faziam questão de oferecer a todos os que se haviam deslocado para partilhar a alegria deste povo por ver um sacerdote filho da terra.
Enquanto regalávamos a barriga e esquecíamos a dieta deleitávamos os olhos e os ouvidos na animação preparada. Um Karaoke que a todos fez cantar… mais tarde a animação fez com que se desviassem as mesas e se instalasse um animado baile. A festa terminou com a projecção de algumas imagens e vídeos da celebração da missa solene.
Que Jesus envie muitos e santos operários para a sua messe!

3 comentários:

Dad disse...

Parabéns, que Deus plante rosas no teu caminho para perfumar o teu coração e alguns espinhos para aprenderes a compreender sempre as dores dos outros. Gostei da alegria do post e da decoração. Gostei do "mundo" no altar. Ideia bonita...

Vítor Mácula disse...

Caro António Martins.

Aleluia, e viva “la fiesta”!

Um abraço.

Nova Evangelização disse...

"Não só de pão vive o homem", mas principalmente da Palavra de Deus, assim como da Eucaristia.

Oxalá todo o Cristão, a começar pelo Bispo e Presbítero, desse sempre o bom exemplo (incluindo eu próprio)!

Mas, infeliz e tragicamente, não é aquilo que vemos/sentimos/constatamos (inclusivamente em mim mesmo)!

De qualquer modo, já o fiz mas reitero, o meu sincero desejo das maiores felicidades, sobretudo epirituais, para o novo Sacerdote Pe. António Carlos, assim como para todos os demais em geral, que tanta falta fazem.

Abraço fraternal reconhecido
JM