02/02/06

Comunicar...









Como é agradavel ouvir alguém que sabe verdadeiramente comunicar. Alguém que não fala simplesmente mas que transmite sabedoria de forma agradável. Que saudável inveja sinto quando tenho a possibilidade de aprender com alguém que sabe autenticamente comunicar.
Nós os padres deveriamos saber mais a respeito de comunicação...Deveriamos saber mais sobre dicção, sobre expressão.
A mensagem que queremos transmitir muitas vezes perde-se porque não conseguimos expressar-nos da forma mais correcta e cativante.
Seria até interessante estudar um pouco de marketing de forma a conseguirmos tornar verdadeiramente atractiva a mensagem sempre nova do Evangelho.

8 comentários:

Anónimo disse...

Tem alguma razao naquilo que diz. Penso que não é o marketing que vai resolver o problema... é uma questão bem mais complexa.

Carlos disse...

Gostaste? Eu também... realmente o tema era interesante (Bioética) mas o que também mais me cativou foi a maneira como ele expôs. Parabéns.
Deixo aqui duas frases: "sexualidade é uma palavra; amor é uma vivência".
"Nem tudo o que está permitido legalmente é eticamente ou moralmente aceitável".
Carlos

Pe. Tó Carlos disse...

Realmente ainda há "mestres" na arte de comunicar!

Marta disse...

Qualquer pessoa que está num altar, tal como num palco, deverá para além do amor das palavras de transmite, ter a voz bem colocada e saber aproveitar o sentido integral do seu discurso. Isso aplica-se a tudo na vida e também aos sacerdotes. Nada mais monótono que ouvir uma homilia saída da boca de quem não sabe comunicar...

MC disse...

Tudo verdade.

mas o padre, e não só, é mais do que aquilo que diz.

Conheço padres que são óptimos pregadores...quanto ao resto...

Paulo VI ao falar disto dizia mais ou menos isto:
"As pessoas escutam os mestres, quando são testemunhas." É o testemunho que move, não as palavras. E o padre não é só para estar no ambão.

Pe. Tó Carlos disse...

Penitencio-me ainda por tantas vezes preparar as minhas comunicações "sobre o joelho"... Se escrevo torna-se demasiado chato e as pessoas pensam que foi "rebuscado"! Se nao escrevo nao preparo com seriedade e na hora de comunicar digo e redigo as coisas várias vezes!

Anónimo disse...

O que pensa deste site? www.eupadre.blogspot.com

Pe. Tó Carlos disse...

Alguém escreve o que sente ou imagina... respeito!
Alguém que quer preservar o anonimato...permite um maior à vontade!
Alguém que aborda questões interessantes ou polémicas...visito com frequencia.