10/02/06

Se não...

- Se não gostas de trabalhar, não sejas trabalho para os outros.
- Se perdeste a força para subir, faz força para não descer.
- Se não tens condições para erguer um palácio,não derrubes o casebre alheio.
- Se não tens um leito de plumas,não ponhas pregos no colchão dos outros.
- Se não tens fósforos para acender uma vela,não apagues a dos outros.
- Se não tens voz para encher o mundo de música, não o enchas com o ruído dos teus berros.
- Se não tens vontade de sorrir, não faças o semelhante chorar.
- Se não tens um bálsamo para curar a ferida do próximo, não lhe atires vinagre para lhe agravar o sofrimento.
- Se não queres ser rosa que perfuma a passagem do viandante cansado, não sejas espinho apontado para o caminho.
- Enfim, se não tens a bondade de um santo, tenta, pelo menos, ter a compostura de um Homem.

5 comentários:

Dad disse...

Muito bonito António de olhar sereno!
É mesmo assim, há gente que mata tudo à volta porque não é capaz de construir. Eu gosto de ajudar a construir, felizmente e graças a Deus!
Beijinhos e bom fim de semana!
Trabalhoso, claro!

s.p. disse...

sr padre...estás bem...foste apanhado e nem meio sim nem se não...ouviste...tens o convite no meu blog :" Xiiiiiii...fui apanhado" e tu tambem :)
vá do que estás à espera...passa a outro e não ao mesmo.
aquele abraço

Pe. Tó Carlos disse...

Amigo padre...parece que não tenho como dizer não! Vou pensar bem e prometo responder bem brevemente!

cabocla disse...

Olá Tó...
Há bastante tempo que não vinha passear pelo teu blog, sempre tão convidativo...
tou a gostar e acho que devemos uns aos outros o dom da gentileza...isso faz-nos muito bem e ao outro também.
E tu..és sempre gentil com os teus amigos, isso te faz assim..uma pessoa mto bonita
Um beijo da tua amiga
Cabocla

Pe. Tó Carlos disse...

Obrigado pela "companhia virtual"!