22/04/07

Semana de Oração pelas Vocações 2007


Iniciamos hoje a Semana de Oração pelas Vocações.
Um colega sacerdote, da Diocese vizinha de Lamego, fez ao clero da sua Diocese uma proposta concreta…

“Vamos tirar o im ao impossível. Vamos ambicionar ter um seminarista por cada paróquia: isso mesmo, 223 seminaristas!”


Eu sou mais modesto… Conhecendo algumas paróquias onde já não há crianças ou jovens gostava de desafiar o clero da nossa Diocese a buscar simplesmente um seminarista por cada padre a exercer. Não teríamos 365 seminaristas (como temos em número de paróquias) mas pelo menos 100 teríamos.
Será pedir demais? Ou pedir menos que isto será justo!?

Se estivéssemos preocupados com isto… se aceitássemos radicalmente este desafio de certeza que não estaríamos demasiadamente preocupados com o “futuro do seminário” pois o Seminário seria presente e teria futuro!

5 comentários:

js disse...

E se houvesse apenas um seminarista por cada chamamento que Deus fizer?...

Pe. Tó Carlos disse...

Sem duvida que é sempre Deus quem chama... Mas conta connosco também e parece-me que alguns de nós não temos feito bem a parte que nos compete!

js disse...

E se a parte que nos compete é perceber que esta é a hora dos leigos?...

Pe. Tó Carlos disse...

É sem dúvida alguma a hora dos Leigos... Dos Leigos bem formados, motivados e comprometidos... Mas para haver leigos assim calculo que serão precisos também padres dedicados áquilo que lhes é especifico(ainda que poucos terão de saber autenticamente celebrar, orientar e formar!)... digo eu!

Albertino disse...

Caríssimo P. Tó, paz e bem!
Casualmente chego a este blog. E que maravilha ver que o nosso querido Seminário do Fundão, através de si, vai rolando pela globosfera. Sinto-me feliz por isso, não fora eu um apaixonado pela nossa querida cova da beira, agora com as cerejas verdes mas quase a mostrar a beleza que tanto caracteriza o Fundão e suas aldeias vizinhas. É de uma delas que sou natural, Aldeia Nova do Cabo. Só por mero acaso não fui parar a essa casa como Seminarista mas, na minha pobreza humana, no barro tosco que sou, Ele chamou na mesma e indicou caminho... Ser Menos com Francisco de Assis.
Nesta semana em que rezo convosco e por vós a Vocação Consagrada, imploro de DEus as vocações que a Diocése da Guarda tanto precisa para poder continuar a anunciar o CRisto Vivo e, que Ele olhe pelos Sacerdotes, religiosos e religiosas que aí entregam o seu querer no querer de Deus.
Abraço fraterno e unido na comunhão e oração.

P. Frei Albertino O.F.M.