23/07/07

XVI – Domingo Comum – Ano C


A Serenidade que só de Deus vêm…


«Marta, Marta, andas inquieta e preocupada com muitas coisas, quando uma só é necessária. Maria escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada».
Lc 10, 42

Sempre a correr
Sempre inquietos
Sempre ocupados
Por isso…
Sempre longe de Deus!

Jesus, porque nos ama…
Porque se preocupa connosco
Quer ver-nos serenos
Tranquilos…
Quer encontrar-nos
Centrados no que é mais importante…
Nele próprio e na sua mensagem.

Da conversa à conversão
Da conversão ao verdadeiro acolhimento
Dos irmãos;
De Deus!

Muito que fazer?! Nunca…
Muito que rezar sempre!

1 comentário:

Tiago Almeida disse...

voltei do festival jota,vai ver as fotos.