30/06/07

“Pseudo psico-filo-teologia” - Os meus diferentes “eus”!


Todos temos um “eu” superficial, aparente ou social: o eu corpo, o eu emprego, o eu aquilo que faço, tenho, experimento ou vivo!
Todos temos também um “eu” psicológico: eu e os meus princípios, valores, eu e a minha religião, eu a e minha forma de amar!
Todos estes “eus” constituem a minha personalidade. A soma de todos estes “eus” serão o mais completo Bilhete de Identidade que de mim próprio poderei apresentar.
Falta ainda aquele que considero o “eu” mais importante: - o “eu místico”. Isto é, o eu da minha relação com Deus (o tempo e lugar que dou a Deus! O tempo e o lugar que vivo em e para Deus). Para mim depende deste “eu místico” a realização mais profunda dos diversos “eus”. O “eu místico” unifica e realiza todos os outros “eus”.

“Todas as coisas encobrem algum mistério… Um mistério é um véu que encobre Deus!”
Pascal

1 comentário:

Pe. Tó Carlos disse...

Isto hoje está mesmo confuso!
Mas talvez mereça a pena "perder" algum tempo a pensar nisto!